Disciplina: Quando os Pais discordam

Publicado em 23 de julho

Disciplina: Quando os Pais discordamDisciplinar os filhos é uma constante para quem tem filhos. O fato é que, nem sempre os pais concordam com os métodos um do outro e acabam por adotar posições que entram em conflito com o que desejam ensinar para os filhos.

Assim, é preciso que você e seu cônjuge encontrem maneiras de definir um sistema único de disciplina e mantenham-se comprometidos com ele, haja o que houver.

Enquanto pais vocês enfrentarão situações que deverão resolver de comum acordo, no que refere-se a educação dos filhos. Claro que ocorrerão situações em que será difícil chegar a um consenso, porém, na maioria das vezes é preciso que vocês trabalhem como uma equipe.

É muito comum os pais terem idéias diferentes quando o assunto é disciplinar os filhos. Um dos pais pode ser mais maleável, enquanto o outro tem uma postura mais rígida. Estas diferenças de postura é que confunde a cabeça da criança quando ela comporta-se indevidamente, pois os pais simplesmente adotarão sistemas diferentes de correção.

Estas discordâncias vão minando a autoridade dos pais perante os filhos, e acaba gerando uma tensão na comunicação do casal.

O que o seu filho vê quando vocês discordam?

Estar em acordo com o cônjuge, muitas vezes é uma tarefa desgastante, porém, discordar, igualmente emite a mensagem errada aos filhos. Muitas vezes, as crianças já percebem logo qual dos dois é mais maleável na disciplina e qual dos dois é inflexível.

Encontrada esta `brecha` faz com que a criança acabe por manipular os pais, sempre recorrendo a um ou a outro, quando a situação melhor lhe favorecer e faz com que os pais fiquem um contra o outro.

Uma coisa é certa, quando o seu filho precisar de disciplina, você e seu cônjuge devem permanecer no mesmo lado e jamais em lados opostos.

Quantas vezes seu filho ficou encrencado e você não permitiu que ele visse televisão por uma semana, e então, seu cônjuge chega em casa, a televisão é ligada, mesmo você tendo acabado de reforçar a regra. A mensagem que é passada para seu filho, é que as regras existem para serem quebradas e ela jamais levará a disciplina a sério.

Quando isto acontece, uma das melhores coisas que você pode fazer é conversar a sós com seu cônjuge. Você necessitará de tempo para explicar sua situação e a disciplina que você está procurando dar ao seu filho.

Se seu cônjuge discordar da correção que você estipulou, os dois devem então pensar em outras alternativas que sejam apropriadas e justas e só depois, elaborar um acordo.

Nunca deixe seu filho vê-la discutindo com seu cônjuge sobre a disciplina.

A coisa importante é jamais contradizer seu cônjuge na frente do seu filho. Isto é confuso para a criança, e ela jamais acatará seriamente a sua correção, se ela achar que por um momento, poderá fazer você ou seu cônjuge mudar de idéia quando ela estiver a sós com um dos dois.

Vocês também podem definir a correção conforme a seriedade da falta cometida. Assim ficaria claro para a criança sobre o que esperar, caso apresentasse mau comportamento. A correção física:

Um outro ponto muito delicado para muitos pais é quanto a disciplina física. Muitos pais concordam que esta não é a maneira mais eficaz de disciplinar uma criança.

Entretanto, o que fazer se o seu cônjuge discorda ? É por isso que vocês precisam definir o que é aceitável para os dois, antes de colocar em prática uma postura que estará em desacordo com o outro.

Disciplinar os filhos é uma tarefa árdua, não importa a situação ou a época. Não seria maravilhoso se cada criança obedecesse logo na primeira vez que os pais falassem?

Já que isso nem sempre é possível, o mais sensato é que os pais estejam unidos, como um casal no que refere-se às questões de disciplina e as aplique e reforce consistentemente.

 

livro filhos o que fazer com eles

 

12 erros que os pais cometem

 

como ser pai

 

Pesquisas que levaram a este artigo:

  • quando os pais discordam
Artigos Relacionados
Dê a sua Opinião