PAIS QUE BRIGAM NA FRENTE DOS FILHOS

Publicado em 23 de julho

PAIS QUE BRIGAM NA FRENTE DOS FILHOSVocê já deve ter ouvido o conselho `Jamais brigue na frente dos filhos`, e deve estar achando que é mais fácil falar do que fazer.

Saiba que os conflitos fazem parte da vida e são uma excelente oportunidade de ensinar os filhos como discutir os problemas. Pois através deles os filhos aprendem sobre compreensão, tolerância, ouvir com o coração e negociar soluções.

O fato é que, brigar na frente dos filhos alimenta os sentimentos negativos de aflição, medo, tristeza e incerteza quanto a estabilidade do lar. Além do mais, é comum que as crianças acabem por culparem-se pelos pais estarem brigando, e isso por si só estremece a sua segurança emocional , pois elas necessitam sentirem-se seguras sobre o relacionamento dos pais.

É sabido que ter que criar os filhos, lidar com os problemas financeiros e ainda estar pronta para a correria do dia a dia, toda esta rotina acarretam situações que culminam em estremecer até o relacionamento mais estável que o casal possa ter.

Entretanto aqui vão algumas dicas para você melhorar a comunicação com seu cônjuge sem ter de expor seus filhos a situações delicadas:

- Reserve um momento para discutir certas questões quando os filhos não estiverem por perto,

- Estabelecer uma palavra código, por exemplo, pode ajudar quando uma situação estiver saindo do controle e as crianças estiverem por perto. Assim, se você sentir a tensão aumentar, diz a palavra código, pára a discussão e deixa a questão para ser resolvida mais tarde em particular e quando os ânimos estiverem mais calmos,

- Enquanto os ânimos esfriam, procure escrever seus sentimentos no papel ou até mesmo enviar ao seu cônjuge por email. Isso ajuda a amenizar a raiva e faz com que você concentre-se no que importa,

- Pense nos filhos ! Lembre-se quanto você os ama, e como é doloroso para eles verem as duas pessoas que eles mais amam brigando

- Jamais envolva os filhos na briga. É injusto forçá-los a posicionarem-se e assumirem um lado, mesmo que você tenha razão e o outro lado não,

- Considere procurar ajuda, de modo que vocês possam ser auxiliados nas questões que estão bloqueando a comunicação e minando o relacionamento a dois.

É muito proveitoso para os filhos, quando eles podem observar os pais discutirem de forma amigável uma determinada questão, pois eles aprendem como um conflito pode ser solucionado sem que o relacionamento fique abalado.

Assim, da próxima vez, tente controlar a raiva e durante a discussão não se permita dizer palavras ofensivas ou alterar a voz, procure manter o autodomínio, ainda mais se os seus filhos estiverem por perto.

Fazendo deste modo você tornar-se-á um modelo para eles se inspirarem e enviará uma mensagem muito positiva ao seu cônjuge: de que você o respeita e tem carinho por ele.

As situações de conflito podem ser muito positivas, pois o seu filho estará aprendendo lições valiosas não apenas sobre resolução de problemas, mas principalmente sobre o casamento, e como o relacionamento a dois é nutrido através da compreensão, do respeito e amor.

 

livro filhos o que fazer com eles

 

12 erros que os pais cometem

 

como ser pai

 

Artigos Relacionados
Dê a sua Opinião